TEMPO DE CONSAGRAÇÃO

Obedecer é melhor do que sacrificar!

Hoje falaremos sobre 2 tipos de pessoas. O primeiro deles são aquelas pessoas que são dirigidas pelos compromissos, pressionadas por suas agendas, cronogramas, pelas pressões do dia a dia, por cobranças e pelas forças que estão ao redor delas. Pessoas que são realmente dedicadas a Deus, que amam a Deus e as Suas coisas, mas que estão completamente sobrecarregadas, cansadas e fadigadas. É como se as coisas ao redor delas colocasse o ritmo e elas estivessem saindo atrás para acompanhá-lo, para realizar tudo aquilo que se comprometeram a realizar. Só que essas pessoas estão cansadas e, como diz o livro de Ageu 1:5-9, essas pessoas trabalham muito e colhem pouco, e o pouco que ajuntam, ajuntam num saco furado e nem isso elas retém.

Se essas pessoas olharem para trás, quando iniciaram seu ministério, sua caminhada com Deus, vão se lembrar que as expectativas eram diferentes, os sonhos com Deus eram grandes, mas com o passar do tempo, ficaram apenas muito atarefadas e completamente esgotadas. Para essas pessoas hoje eu digo: é tempo de parar e fazer uma análise pessoal dos propósitos de Deus pra suas vidas!

João 6:28 diz que os judeus chegaram a Jesus e disseram: “o que faremos para executar as obras de Deus?”. Essa é a pergunta que esse tipo de pessoa deve fazer, “o que devo fazer para executar a obra de Deus?”. Você está cansado porque você fez algo no passado que deu resultado e, portanto, continua a fazê-lo, mesmo que agora isso não dê mais o resultado de antes.

Você não pode simplesmente deixar de considerar que os tempos são outros, que o mundo evoluiu, a ciência evoluiu, a tecnologia evoluiu, e você continua fazendo as mesmas coisas! Eu te pergunto, você é feliz com o tudo o que você tem feito? Você está se sentindo realizado, como se sentia lá trás, com tudo o que tem feito? Eu sei que sua primeira reação é dizer: sim, eu estou, mas quando você para de verdade pra pensar sobre toda sua vida, você está se sentindo realmente feliz e realizado com o que você está fazendo?

Eu mesma, muitas vezes, estava tão atarefada com as coisas da igreja, sempre me envolvendo em muitos ministérios, tendo muitas atividades, que acabei perdendo Deus em meio às coisas de Deus, como o Pr. Wilson Palomo sempre diz. Eu achava que servindo a Deus daquela forma, estava agradando a Ele, mas num determinado momento me encontrei extremamente esgotada, estressada e cansada. Naquele momento, Deus começou a ministrar sobre mim, sobre o que Ele realmente queria de mim. Deus queria um relacionamento de intimidade comigo. Em meio às tarefas do Reino, eu não tinha mais tempo de ouvir Deus falar, não tinha mais experiências com Ele, não conversava de verdade com Ele mais, e no stress do dia a dia (no meu trabalho e na igreja), tudo começou a perder o sentido, pois a essência não era mais o Senhor, mas sim apenas o cumprimento de muitas tarefas na igreja.

Nesse momento, o Senhor ministrou sobre mim, sobre o tema de frutificação. Eu cumpria muitos compromissos, mas qual era o fruto de tudo aquilo? Qual era a edificação de tudo aquilo? E você, está sendo frutífero? Você sabe o que a Bíblia diz sobre frutificação?

“Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não dá fruto, ele corta; e todo que dá fruto ele poda, para que dê mais fruto ainda. Vocês já estão limpos, pela palavra que lhes tenho falado. Permaneçam em mim, e eu permanecerei em vocês. Nenhum ramo pode dar fruto por si mesmo, se não permanecer na videira. Vocês também não podem dar fruto, se não permanecerem em mim. Eu sou a videira; vocês são os ramos. Se alguém permanecer em mim e eu nele, esse dá muito fruto; pois sem mim vocês não podem fazer coisa alguma. Se alguém não permanecer em mim, será como o ramo que é jogado fora e seca. Tais ramos são apanhados, lançados ao fogo e queimados.” João 15:1-6

Ser frutífero não significa estar ocupado nas coisas de Deus. Você pode fazer muitas coisas em nome do Senhor e ainda assim não ser frutífero. Estar atarefado na obra não significa frutificar! Ser frutífero não é tudo o que fazemos no nome do Senhor. A Bíblia diz que a obra de todo homem será provada no fogo e a obra de muitos será reprovada! Portando, não pense que trabalhar na obra do Senhor é frutificar. Não pense que sacrifício pessoal é dar fruto.

Ser frutífero é entregar aquilo que cumpre o que Deus requer de nós! Aquilo que você acha que Deus requer de você tem trazido resultados? Se você pega o que Deus requer de você, trabalha duro e tem resultados, então você é frutífero. Se você está apenas ocupado com o que Deus requer de você e não dá resultados, você não é frutífero. Você tem que parar e achar o porquê você não dá resultados. Será que o problema está na sua atitude, na sua motivação, na sua correria? Ou o que você anda buscando está diferente dos resultados que Deus espera? Sacrificar a vida pessoal pelas tarefas da obra não são melhores do que obedecer a Deus.

“Acaso tem o Senhor tanto prazer em holocaustos e em sacrifícios quanto em que se obedeça à sua palavra? A obediência é melhor do que o sacrifício…” 1 Samuel 15:22

Nosso inimigo usa uma estratégia suja para nos tirar do centro da vontade de Deus que é nos manter ocupados. Ele traz uma batalha, você vence, ele traz outra, você vence, ele traz outra, você vence… Ele não tem a pretensão de achar que vai ganhar alguma dessas batalhas, mas ele quer é te levar a um estado de cansaço, esgotamento e fadiga que faça com que você pare de se importar com o que está acontecendo. Foi o que aconteceu na história do sacerdote Eli e seus filhos de 1 Samuel 2 e 3. Eli via o pecado de seus filhos, mas nada fazia, pois já estava cansado de tanto falar. Quando o Senhor disse que traria maldição sobre toda sua família por causa desses pecados, Eli não se importou e disse: “seja feita a vontade do Senhor, Ele é Deus e sabe o que faz”. Ele não se arrependeu e nem buscou ao Senhor pedindo misericórdia, isso porque ele estava cansado.

O Senhor te diz hoje para deixar no altar essa couraça de servo de Deus que tem todas as respostas, de homem forte. O Senhor te chama hoje para se encontrar com Ele, num jardim secreto onde você pode mostrar seus medos, sua chateação, onde você pode ser sincero com Ele e dizer: “Senhor, eu não estou feliz, eu estou cansado, restaura em mim a alegria da Tua salvação! Quero retornar hoje aos tempos em que eu me sentia realizado contigo, ao tempo que eu ouvia a Tua voz e Tu falavas comigo. Não agüento mais levar esse fardo pesado nas minhas costas, preciso jogar tudo pro alto e me voltar a Ti!”.

 

Comece hoje mesmo a buscar por sua consagração, a entrega total do seu ser para fazer a vontade dEle, um relacionamento de intimidade com Ele antes de qualquer chamado, de qualquer trabalho, de qualquer sacrifício para a Obra. Quando você se derramar em Sua presença, com sinceridade, algo grandioso começará a acontecer em seu interior!

 

Por Bianca Palomo Felippe – Líder do Ministério de Louvor Deus Revelado

Publicado em by deusrevelado Publicado em BLOG IDR

4 Respostas TEMPO DE CONSAGRAÇÃO

  1. Ednei Wohnrath

    Bom dia:
    Oportunas estas palavras.

  2. Elizangela Pereira

    sábias palavras vindas diretamente do Espirito Santos a todos nós. Amém.

  3. Gilvan

    Que Deus te abençoe, você não faz idéia de como me ajudou.

  4. maria

    Muito boa colocação, Bianca, como tudo que vem de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Sinto saudades, Abraço a todos

Deixe seu Comentário